Perseguição contra cristãos protestantes na Síria.

A Síria secular tem sido um dos lugares livres no Oriente Médio para se praticar a religião. Mas um recente ataque contra os cristãos, cerca de um décimo da população da Síria, está causando preocupação. Vários edifícios que mantêm serviços cristãos foram fechados por não serem oficialmente sancionados como igrejas. Os estrangeiros que servem as igrejas protestantes foram informados que seus vistos não serão renovados por causa de um decreto que os proíbe de trabalhar para injeeli, como as igrejas protestantes lá são conhecidas. No verão, acampamentos de várias igrejas foram cancelados. As medidas foram tomadas unicamente contra as igrejas protestantes, que servem  com auxílio  refugiados do Sudão e do Iraque e os trabalhadores expatriados, bem como para os sírios. Dezenas de milhares de cristãos iraquianos fugiram para a Síria desde os ataques com a invasão americana do Iraque em 2003.

Autoridades sírias dizem que as medidas foram tomadas porque as igrejas ferem o proselitismo, frequentemente com a ajuda de estrangeiros. O Conselho Mundial de Igrejas reconhece que desde a invasão do Iraque, um afluxo de refugiados na Síria tem incentivado evangelistas estrangeiros, principalmente americanos e sul-coreanos, para espalharem o evangelho.(…)

Mas,   igrejas locais independentes, todas licenciadas pela Sínodo Nacional Evangélico da Síria e do Líbano, foram atingidos também.”Pai Nadim Nassar”, um padre, diz que a tensão na região tornou a vida difícil para todos os grupos protestantes. “O protestantismo tem sido visto como uma extensão do Oeste e todos os grupos protestantes têm sido afetados por uma reação violenta.”

 Mas o principal motivo para a repressão é que os líderes ortodoxos e católicos, descontentes com o sucesso destas novas igrejas, tem se queixado ao governo. Converter muçulmanos ao cristianismo é ilegal, mas as igrejas também têm um entendimento de que não se deve conquistar os membros uns dos outros. Mas, Protestantes entusiasmados parecem ter desrespeitado essa regra não escrita. “Nós temos bastante igrejas , mas os protestantes estão roubando nossas ovelhas”, diz um pastor ortodoxo, que pediu para não ser identificado.

 O governo não discrimina, em particular, o cristianismo. Ele quer manter a Síria secular e religiosa harmoniosa. Além disso, sabe-se que o regime é liderado por membros da seita muçulmana da minoria alauíta, e desconfia de contestação para a sua regra por parte de algum grupo religioso. Portanto, é rápido para reprimir a conduta entusiasta. Nos últimos dois anos, escolas islâmicas têm sido rigorosamente regulamentadas. Estudantes universitárias têm sido proibidas de usar o niqab, cobrindo o corpo inteiro.

A liberdade de religião na Síria tem seus limites, suspira um líder ortodoxo. “Há liberdade para praticar sua religião, mas não para escolhê-la. Você é o que nasceu. “

Fonte: ” The economist.com”  http://www.economist.com/node/17528080 

Matéria publicada sob o Título: “Don’t try too hard: protestants christians are under rare fire” em 18/11/2010.

tradução: Ricardo Nunes

About these ads

2 Respostas para “Perseguição contra cristãos protestantes na Síria.

  1. Dário Vaz da Cruz

    Sou cristão e evangélico desde meu nascimento, mas concordo de certa forma com o comentário de que a religião é livre mas não pode ser escolhida.
    No meu caso os fundamentos estão tão arraigados que não me vejo de outra forma. E eu não escolhi, aprendi convivendo. Então em respeito ao Deus único, independente de qual intermediário se use para proclamá-lo seje Jesus seja Maomé, considero que quando alguém vem a mim em busca de ajuda esperitual então eu devo falar da minha fé caso contrário eu condeno quem quer fazer proselitismo para arrebalhar pessoas que estão buscando o mesmo Deus por caminhos diferentes. No final chegaremos a Deus de qualquer forma.

  2. As igrejas que pregam o evangelho genuíno têm sofrido perseguições, seja na Síria ou no resto do mundo. Isso nos lembra o que o Senhor Jesus falou, que por causa de seu nome, seríamos odiados. O que está acontecendo na Síria, como também em outros países é que as pessoas estão conhecendo A Palavra e Esta tem modificado suas vidas. Contrariamente ao enunciado dito pelo líder ortodoxo “você é o que nasceu”, Jesus trasnforma a vida do homem e este nunca mais é o mesmo, mas, para isso, é necessário que este homem “venha e tome a água da vida” Ap. 22.17
    E Como está escrito em Jo 14.6 “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”, nós, do carta de alerta, acreditamos que, somente atavés de Jesus, chegaremos a Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s